- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

O cantar da minha vida

Silveste José / Júlio de Sousa *fado loucura*
Repertório de José Guerreiro

Escrevo fados com meu jeito
São pedaços encantados / Arrancados ao meu peito
Nos meus versos brilha a cor
De pensamentos dispersos / Somados com muito amor

O dedilhar
Da banza que me acompanha
Sensação tão doce e estranha
Que me acolhe e dá guarida
A minha voz
Mostra com simplicidade
Ser de amor e de saudade
O cantar da minha vida

Ao compor este tema
Junto saudade e amor / Faço nascer o poema
Se è loucura ser assim
Vou viver esta aventura / Que tenho dentro de mim