As 5.205 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Companheiro

Pedro Homem de Melo / João Braga
Repertório de João Braga

Negaram-lhe a luz, negaram-lhe a água
Negaram-lhe o vinho
Negaram-lhe a luz, negaram-lhe o vinho
As rossa e o leite

E se encontrou cama onde ainda se deite
É porque a beleza
E se encontrou cama é porque a beleza
É feita de mágoa

Meu único amigo, meu único irmão
Embrulhou-o a lua
Meu único amigo, embrulhou-o a lua
Em seu cobertor

Meu único amigo, meu único irmão
Não teve jazigo
Não teve caixão, teve uma guitarra
O meu coração

Negaram-lhe a luz, negaram-lhe a água
Negaram-lhe o vinho, as rossa e o leite
E se encontrou cama onde ainda se deite
É porque a beleza é feita de mágoa

Meu único amigo, meu único irmão
Não teve jazigo
Não teve caixão, teve uma guitarra
O meu coração