Loading ...

Clique e oiça!!!

Clique e oiça!!!
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

5. 925 LETRAS // 1.500.000 VISITAS // DEZEMBRO 2019

Poeira que vai no vento

Manuel Andrade / Franklim Godinho
Repertório de João Braga
                                                                                  
Poeira que vai no vento
Poesia e pensamento
Tudo me veio de ti
Do correr de meigos dias
Da canção que tu me ouvias
E da luz com que te vi

Em cada noite que passa
O teu vulto em vão me abraça
De tão longe que o não vejo
Sinto as nossas mãos unidas
As nossas sombras perdidas
Como um sonho sem desejo

Vieram brancas saudades
Trazer-me frias verdades
Que tanto quis esquecer
Vieram estranhos incensos
Acenaram brancos lenços
Mas não te tornei a ver