As 5.180 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Nove milhões de guitarras

Belo Marques
Repertório de Tristão da Silva

Quando nasceram os fados, foram mandados ao Deus dará
Mas houve um fado dolente que ao ver a gente ficou por cá
É português e tem raça, canta a desgraça, chora também
Leva a saudade no peito, dando-lhe o jeito que a vida tem

O fado entrou tantas vezes á
força de muito amar
No peito dos portugueses, q
ue ficou lá a morar
Agora passa cantando quadras soltas e bizarras
Acompanham-no trinando

Nove milhões de guitarras

Tem uma voz que se enlia na ventania deste viver
No soluçar da garganta, põe mágoa tanta que faz doer
É assim o nosso fado, viver magoado por tudo e nada
Pôr o amor numa conta que antes de pronta já está errada