<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
Este espaço foi criado <> Com grande dedicação <> Por alguém que faz do fado <> A sua religião.

<> <> <>
As 5.845 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Homem só, meu irmão

Letra e música de: Luiz Goes
Intérprete: Luiz Goes


Tu, a quem a vida pouco deu
Que deste o nada que foi teu em gestos desmedidos
Tu, a quem ninguém estendeu a mão
E mendigas o pão dos teus sentidos
Homem só, meu irmão!

Tu, que andas em busca da verdade
E só encontras falsidade em cada sentimento
Inventa, inventa amigo uma canção
Que dure para além deste momento
Homem só, meu irmão!

Tu, que nesta vida te perdeste
E nunca a mitos te vendeste, dura solidão
Faz dessa solidão teu chão sagrado
Agarra bem teu leme ou teu arado
Homem só, meu irmão!