Clicar na imagem !!!
* * * * *
As 5.310 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
POR FAVOR <> no sentido de melhorar este tributo ao fado, alerte-me para qualquer erro encontrado <> OBRIGADO
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *
* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
-------------------------------------------------------------------------
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
* * * * *

Velho marinheiro

Mário Raínho / Fontes Rocha
Repertório de Rodrigo

Nasceu á beira do mar / Assim se fez marinheiro
Fez-se ao mar a navegar / E cruzou o mundo inteiro

Chegou primeiro ás Índias ao Oriente
Uniu por mares continentes que nos deixou por herança
Nas caravelas, num mar de águas turbulentas
Dobrou o Cabo das Tormentas que é hoje o de Boa Esperança

Qual é o país, vaidoso e feliz, no mar pioneiro
E que é marinheiro... e que é marinheiro
Que traz do passado, nas veias dum fado, sangue aventureiro
E que é marinheiro.... e que é marinheiro
Que levou a cruz de Cristo Jesus pelo mundo inteiro
E que é marinheiro... velho marinheiro

Nasceu á beira do mar / Assim se fez marinheiro
Fez-se ao mar a navegar / E cruzou o mundo inteiro

Chegou primeiro a outras praias distantes
Por esses mares nunca dantes navegados por alguém
Tem um padrão á coragem aos tormentos
Pelos seus descobrimentos, j
unto á Torre de Belém