- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Bendito sonho

José Fernandes Castro / Alfredo Duarte *fado versículo*
Repertório de Filomeno Silva




Deixa-me sonhar contigo... minha flor
Porque te quero beijar... secretamente
Mesmo que seja castigo... meu amor
Contigo quero sonhar... serenamente

Deixa-me sentir o fogo... penetrante
Dos beijos que me darás... durante o sono
Embora as regras do jogo... alucinante
Castiguem minhas manhãs... com abandono

Deixa-me sentir a dor... e o desespero
De ficar muito mais triste... ao acordar
Se nos sonhos tenho o amor... que tanto quero
Ainda bem que o sonho existe... p’ra te amar

Tal como diz o poeta... trovador
Com a alma engrandecida... pela fama
O sonho na hora certa... meu amor
Dá encantamento á vida... de quem ama