- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

A lua

Carlos Conde / Alfredo Rodrigo Duarte
Repertório de Alfredo Marceneiro

A Lua é dona e senhora
Tem domínios coruscantes
Tem um mundo em cada estrela
Mal o Sol se vai embora
Veste o seu véu de brilhantes
E passa a noite à janela

Duma estranha suavidade / Duma graça inspiradora
De protecção aos amantes
No seu ar de majestade / A Lua é dona e senhora
Tem domínios coruscantes

Odalisca caprichosa / Que o tempo jamais definha
E a torna ainda mais bela
A Lua é tão poderosa / Que no céu aonde é rainha
Tem um mundo em cada estrela

O seu encanto não finda / Mas faz-se mais sedutora
Nos seus caprichos constantes
Só à noitinha se alinda / Mal o sol se vai embora
Veste o seu véu de brilhantes

É tão grande o poder seu
Que logo que o mar retrata / A graça que ela revela
Manda engalanar o céu
Com cintilações de prata / E passa a noite à janela