-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores dos temas aqui apresentados.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* 7.355' LETRAS <> 3.257.500 VISITAS * MAIO 2024 *

. . .

Por esmola ou por favor

Gabriel de Oliveira / Joaquim Campos *fado vitória*
Repertório de Natália dos Anjos
Do arquivo de Luís Morais
Desconheço se esta letra foi gravada.
Publico-a na esperança de obter informação credível

Letra transcrita do livro editado pela Academia da Guitarra e do Fado

Por esmola ou por favor
Não mates esta ilusão
Que nos meus olhos bem lês
Quando eu te falar de amor
Nunca me digas que não
Diz-me sempre que talvez

Há quem tenha a crueldade
De ser franco, embora fira 
As fibras do sentimento
Eu tenho horror à verdade
Em amor quero a mentira 
Que me fale ao desalento

Tem pena, tem dó de mim
Pois meu amor não se cansa 
De em seu destino ser crente
Se te custa dizer sim
Diz-me talvez, dá-me esperança 
Qu’eu já me sinto contente

Para que eu não sinta a vida
Tão rudemente esmagando 
O meu pobre coração
Deixa que eu vida iludida
E vai-me sempre enganando 
Mas nunca digas que não