- - - - - - - - - -

- - - - - - - - - -
- - - - - - - - - -

° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.170 LETRAS PUBLICADAS // 1.970.000 VISITAS // OUTUBRO 2020

Atingido este valor // Que me faz sentir honrado // Continuo, com amor // A ser servidor do fado.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que nao constam do índice.

Caso encontre alguma avise-me, por favor.

Se não encontra o Fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

Madrugada na Ribeira

Clotilde Sequeira / Luís Tomar
Repertório de Rodrigo

Madrugada na Ribeira
É pitoresco e tem que ver
Ali vai Lisboa inteira
Ao peixe freso e ao mais que houver

Ali se ouvem pregões
Há movimento, há alegria
E gostam, os foliões
Dali ir ver nascer o dia

Sou a vivinha da Costa, é a varina que passa
Linda voz timbrada e sã, a gente gosta, já é manhã
E vai começar a lota, ouve-se agora o mulherio
No céu passa uma gaivota, cresce o afã, o sol subiu

Madrugada na Ribeira
É mais que lindo, é sedutor
Ali é tudo à maneira
Do povo rude, trabalhador

Coisas que não soam bem
Mas têm graça, graça a valer
Vale a pena ir lá também
Ver na Ribeira o sol nascer

Batem chinelas no chão, zaragata aqui e ali
As pragas e o palavrão, são dum só estilo que nunca ouvi
Desde o rio até ar mar a vida cresce em luz e cor
Tudo é digno de um olhar, para um poeta ou um pintor