Clique na imagem e oiça Fado !!!
* * * * *
As 5.380 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE *filósofo brasileiro* 1921/1997
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *
------------------------------------------------------------------------- -------------------------------------------------------------------------
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
* * * * *

Vozes do mar

Florbela Espanca / Diogo Clemente
Repertório de Mariza

Quando o sol vai caíndo sobre as águas
Num nervoso delíquio d’oiro intenso
Donde vem essa voz cheia de mágoas
Com que falas á terra, ó mar imenso

Tu falas de festins e cavalgadas
De cavaleiros errantes ao luar
Falas de caravelas encantadas
Que dormem em teu seio a soluçar

Tens cantos d’epopeias, tens anseios
D’amarguras, tu tens também receios
Ó mar cheio deesperança e majestade

Donde vem essa voz, ó mar amigo?
Talvez a voz de um Portugal antigo
Chamando por Camões numa saudade!