- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.520 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Janeiro proíbido

João Fezas Vital / Alfredo Duarte *fado louco*
Repertório de João Braga 

Mãos abertas fui ausente
Em jeito de primavera
Meu amor ficou contente
Pois sabia quem eu era

Trago mais claro, no rosto / O meu amor tão sentido
Hoje é raiva, foi desgosto / Num janeiro proibido

Ando doido p’la cidade / E ninguém repara em mim
Julgo morrer de saudade / Mas meu amor é assim

Os seus braços voltarão / Como ramos, aos meus braços
E onde bate um coração / Sentiremos nossos passos