- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fado *Cr Branco*

J .Slauerhoff / Custódio Castelo
Repertório de Cristina Branco

Será que sou lento por ser triste
Porque tudo julgo inútil e vão
E em terra nada mais me assiste
Que o refúgio de um navio na imensidão?

Ou será que sou triste por ser lento
Porque nunca me lanço ao vasto mundo
Só Lisboa junto ao Tejo é meu intento
Onde anónimo como sempre, me afundo

Não seria melhor seguir à deriva
P'las vielas escuras da Mouraria?
Lá encontro muitos como eu, sem dia
Os que vivem sem amor, em alegria