- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Porque as marés são mais calmas

Mafalda Arnauth / Alain Oulman
Repertório de Mafalda Arnauth

Há um motivo qualquer
P’ra eu me erguer deste nada
Uma razão de viver
Numa estrada inacabada

Há um sentido qualquer / No meu sentir mais profundo
Que é o de ser só mulher / A todo e cada segundo

Há uma força qualquer / Talvez um amor sem fronteira
E a dor que a vida me der / Não vai por fim à fogueira

E em todo o brilho da vida / No canto e encanto das almas
Eu vou ser voz renascida / Porque as marés são mais calmas