- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Memória de meu bem

Luíz Vaz de Camões / Custódio Castelo
Repertório de Cristina Branco

Memória de meu bem, cortado em flores
Por ordem dos meus tristes e maus fados
Deixai-me descansar com meus cuidados
Nesta inquietação de meus amores

Basta-me o mal presente eos temores
Dos sucessos que espero, afortunados
Sem que venham de novo, bens passados
Afrontar meu repouso com suas dores

Perdi numa hora junto quanto em termos
Tão vagarosos e largos alcancei
Deixai-me pois, lembranças desta glória


Cumpre acabar a vida nestes ermos
Que neles com meu mal acabarei
Mil vidas, não uma só, dura a memória