Clique na imagem e oiça Fado !!!
* * * * *
As 5.355 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE *filósofo brasileiro* 1921/1997
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *
------------------------------------------------------------------------- -------------------------------------------------------------------------
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
* * * * *

Vida nocturna

Fernando Farinha / Alberto Correia
Repertório de Fernando Farinha

A noite
Tem não sei quê de mentira / Tem não sei quê de verdade
Faz a saudade nascer / E faz morrer a saudade
Umas vezes escuridão / Outras vezes claridade

Vida nocturna

Refúgio de quem é triste
E brinca num cabaret
para fingir que existe
Vida nocturna
Onde uma simples bebida faz esquecer por momentos

Desgostos de toda a vida

A noite
A noite é tão inconstante / Como o amor da mulher
Tanto nos dá felicidade / Como nos pode perder

Saúde que nos dá vida / Ou vida que faz sofrer