- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Dia de São Martinho

Manuel Andrade / Popular *fado das horas*
Repertório e António Melo Correia
No livro do poeta lê-se *Tipóias e boleeiros* no 1°verso do poema que aparece 
com o título *Manhã de São Martinho*

Tipóias e cavaleiros
E as carroças do povinho
Milordes e cavaleiros
É dia de São Martinho

Na Chamusca de manhã / Há grandiosa corrida
À tarde na Golegã / É a festa mais garrida

Cavalos a relinchar / Fadistas cantarolando
A festa vai começar / O povinho vai andando

Os “breaks” aos solavancos / Cavalos à desfilada
Não faltam os saltimbancos / Para animar a toirada

Manhã do melhor ensejo / À tarde prova-se o vinho
Ó povo do Ribatejo / É dia de S. Martinho