- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Lua de Maio

Jorge Fernando
Repertório de Fernando Maurício

Amor meu que meu não seja
O destino de perder-te / Outro amor, cego me traz
Que o meu olhar te não veja
Quando posso merecer-te / E sei que a outro te dás

Lua de Maio... servida em taça de luz
Como um cigano andaluz
Cantando as mágoas dum fado
Lua de Maio... entristeceu meu olhar
Triste lembrança a lembrar
Um grande amor do passado

Por amor, só por amor
Faz-nos a vida acordar / O sol que as lágrimas são
O sal que as lágrimas são
Mas quando dói, é a dôr
Que ao ser que somos, vem dar / A tristeza ao coração