As 5.180 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Ser não ser

Quadra: Manuel Bobone / Glosa: Ana Maria Caeiro / Joaquim Campos “fado puxavante*
Repertório de João Braga

Por dentro somos ninguém
Por fora somos talvez
Na vida somos também
Na morte somos de vez

Em horizonte de assomos / Qualquer vulto nos detém
E na paisagem que somos / Por dentro somos ninguém

Mas tendo de ser alguém / Cada qual na sua vez
Às vezes, sendo ninguém / Por fora somos talvez

Enredados nos porquês / D’horizonte sempre aquém
Humanos que alguém nos fez / Na vida somos também

O que somos só de assomos / O que somos de porquês
E a paisagem que supomos / Na morte somos de vez