- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.520 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Lisboa de Camões, Vieira e Pessoa

José Luís Gordo / Arménio de Melo
Repertório de Vanessa Alves

Das varandas e janelas / Dos telhados encarnados
E o Tejo cheio de estrelas / Nos olhos dos namorados

E no Chiado janota / Sentado na Brasileira
Lá está falando, o Pessoa / Do Padre António Vieira

Olá Lisboa, cidade das Sete Colinas
Do Camões e do Pessoa
De tantos nomes de proa
E das antigas varinas
Olá Lisboa dos poentes cor de rosa
Da tua Sé já velhinha
Tão perfeita e tão formosa
Cidade mulher rainha

Dos amores e ilusões / Da saia Augusta e garrida
Do Terreiro de paixões / Da Liberdade da vida

De espelhos feitos de mar / Senhora de fado e saudade
Onde Alfamas de penteiam / Seis letras, nome, cidade