- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.520 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Ai fadinho

Letra e música de Carlos Paião
Repertório de José da Câmara

Ai fadinho… 
Andamos sempre a refilar, fadinho
Todos nos querem enganar, fadinho
Cuidadinho, tu vê lá
Ai fadinho… 
Põe a cabeça no lugar, fadinho
Que isso da gente arrepiar caminho
Ai fadinho… já não dá

Não dá pra ir agora aprender línguas
Pensar em esforços com um sol deste tamanho
Se o colega não se esmera
Concerteza que não espera
Que eu sozinho tenha a arte e o engenho

E depois, sabemos como é no estrangeiro
Lugar divino, onde enfim, tudo melhora
Assim sendo está previsto
Nem perder tempo com isto
Já que nunca vai ser bom como lá fora

E nem que desse e nem que fosse o que está a dar
O que está a dar nunca dá nada, sabes bem
Mas podes crer que é altamente
Andar aí por entre a gente
Acreditando ser melhor do que ninguém

Fazer projectos muito, muito, opcionais
E ter ideias lindamente originais
Criticando as conjunturas
E a falta de estruturas
São desculpas porque sonhamos demais