- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Derrocada

Fernando Farinha / Renato Varela *fado varela*
Repertório de Fernando Farinha


Onde estão os amigos que diziam
Ter por mim, amizade inabalável
Para quem eu, sem ver que me mentiam
Fui amigo sincero e fui prestável

Onde estão os patrões que disputavam
A troco de dinheiro, o meu valor
E que quando na rua me encontravam
Minhas mãos apertavem com calor

Onde estão os colegas verdadeiros
Por quem eu era sempre acompanhado
Aqueles meus antigos companheiros
Que adoravam andar sempre a meu lado

O velho artista, após ter-me contado
Da sua fama e glória, o triste fim
Despediu-se tristonho e apressado
Talvez p’ra não chorar ao pé de mim

E eu que compreendi o valor forte
Desta verdade amarga e tão atroz
Pensei no que será a minha sorte
Se algum dia perder a minha voz