- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.530 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Amor rosas e espinhos

Maria de Lourdes de Carvalho / Pedro Rodrigues *fado primavera*
Repertório de Rosa Madeira

Meu amor é flor de raiz
Que cresce e a ninguém diz
A razão do seu crescer
Amar é louvar o céu
São as rosas como eu
Que morrem para nascer

Estendi os ramos a esmo
Para provar a mim mesma / Que há muita erva ruím
Enleei em doce encanto
Quem regou com o meu pranto / As flores do seu jardim

Secou a flor mimosa
Tanto espinho, uma só rosa / Não suportou e caiu
Outrora a flor perfume
Hoje em cardos se resume / Já não beija quem a feriu