- - - - -

- - - - -
<> Clique na imagem e oiça Fado <>
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Sonho fadista *Ricardo Ribeiro*

Pedro Fortes Figueira / Popular *fado corrido*
Repertório de Ricardo Ribeiro


Sonhei que o fado corrido
Fugiu num barco doirado
E no mar anda perdido
Com saudades do passado


Neste mundo transcendente / Uma eterna fantasia
Na tristeza ou na alegria / Vai sonhando toda a gente
Assim eu sentidamente / Com tristeza e desagrado
Tive um sonho apaixonado / Muito embora dolorido

Sonhei que o fado corrido
Fugiu num barco doirado


E sonhando constrangido / Como sincero fadista
A minh’alma saudosista / P’la tristeza foi vencida
Só porque sonhei sentido / Por ver um sonho magoado
Que o corrido, o triste fado / Ausentou-se condoído

E no mar anda perdido
Com saudades do passado