- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.515 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Amiga

Florbela Espanca / Eduardo César
Repertório de Joana Amendoeira

Deixa-me ser a tua amiga, amor
A tua amiga só, já que não queres
Que pelo teu amor seja a melhor
A mais triste de todas as mulheres

Que só de ti me venha mága e dôr
O que me importa a mim, o que quiseres
É sempre um sonho bom!... Seja o que fôr
Bendito sejas tu por mo dizeres

Beija-me as mãos amos, devagarinho
Como se os dois nascessemos irmãos
Aves cantando ao sol, no mesmo ninho

Beija-mas bem!... Que fantasia louca
Guardar assim, fechados nestas mãos
Os beijos que sonhei p’ra minha boca