- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.515 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fatalidade

António Calém / Jaime Santos *fado macau*
Repertório de Miguel Sanches

Ao abrigo de que lei
Te quis e te quero assim
Diz-me tu que eu já não sei
Porque hás-de cantar em mim

Qual o porquê, a razão / Que és só tu e mais ninguém
Diz-me tu meu coração / Que me conheces tão bem

Não ter outro fim na vida / Do que tu seres o meu fim
Nem outra rosa florida / Aberta no meu jardim

Porque será na verdade / A dor que sobre mim pesa
Ser só de ti, a saudade / Ser só de mim, a tristeza