- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - - - -
As 5.440 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os
- - - - -
Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE *filósofo*
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Passaste

Manuel Paião / Eduardo Damas

Tu passaste ontem por mim / Passaste por mim com ela
Mas coitada, ela não vale / O tacão desta chinela

Julgas que eu choro de pena / Julgas que eu sofro de dôr
Podes crer que já não sei / Dizer, a palavra amor

Tu passaste ontem por mim com ela, de braço dado
Podes crer que eu á noite cantei melhor o meu fado
O fado do meu ciúme, fado da esperança perdida
E se os meus olhos choraram, foi do fumo, e não da vida

Podes crer que eu ao ver-te / Nem sequer sinto amargura
Nem sequer sinto saudade / Desses tempos de ternura

Podes passar á vontade / Com ela, por mim, agora
Que por ti, os olhos meus / Não sabem como se chora