- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Nada sou por nada ter

José Fernandes Castro / Popular *fado mouraria*
Repertório de José Fernandes

Nada sou, por nada ter
Mas sei que tenho razão
Nada tenho por não ser
Aquilo que alguns são

Sou verdade nua e crua / Sou razão de pensamento
Sou barco que não flutua / À força de qualquer vento

Sou solidão demarcada / P’la injustiça da dor
Sou raiz abandonada / Na terra fria do amor

Sou vida fora da lei / Que não tem lei como guia
Sou bobo triste do rei / Num mundo de fantasia

Sou o que quero e não quero / Ser diferente, só por ser
Sou fé e na fé espero / Algo ser, sem nada ter