- - - - - - - - - -

- - - - - - - - - -
- - - - - - - - - -

° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.170 LETRAS PUBLICADAS // 1.970.000 VISITAS // OUTUBRO 2020

Atingido este valor // Que me faz sentir honrado // Continuo, com amor // A ser servidor do fado.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que nao constam do índice.

Caso encontre alguma avise-me, por favor.

Se não encontra o Fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

Lobo do mar

Letra e musica de Carlos Paião
Repertório de Dulce Guimarães

Na areia, na areia / Um velho a sismar
Do mar, mão cheia / De sonhos sem par
Parece ir embora / Tem rugas no olhar
Na vida outrora / Foi um homem do mar

O céu salgado / A faga a bater
O sol molhado / Queimando o prazer
Fazer a viagem / Chegar e partir
Ao leme e aragem / Não teme o porvir

Inventar caravelas de velas no ar
Gaivotas são brasas nas asas do mar
Amor marinheiro de tanto lugar
Dum homem inteiro, um lobo do mar

Não, não queria / Remar outra vez
Marés vazias / Já tudo desfez
Os pés pisam terra / O vento amainou
O mar foi guerra / Que o tempo acabou

Já não há caravelas de velas no ar
Morreram infantes, gigantes no mar
Ficaram na ideia dum velho a sismar
Além na areia, um lobo do mar