- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - - - -
As 5.440 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os
- - - - -
Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE *filósofo*
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Tinha o nome de saudade

João de Freitas / João Maria dos Anjos
Repertório de António Melo Correia

Tinha o nome de saudade
Aquela a quem pertenci
Com toda a alma e fervor
Deu-me tanta felicidade
Que eu nunca mais esqueci
Essas loucuras de amor

Vivendo a nossa loucura
A queimar-nos em seu lume / Passamos noites inteiras
Com mil zangas à mistura
Pois as paixões sem ciúme / Não podem ser verdadeiras

Um dia tudo acabou
Deixei de ser o preferido / Daquela a quem tanto amei
Ela nunca mais voltou
E eu, com o orgulho ferido / Também, não a procurei

E contra a nossa vontade
Cada um seguiu porém / Na vida, diferentes linhas
Hoje é d'outro essa saudade
Mas há pouco disse alguém / Que sente saudades minhas