<> Canal de rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça Fados

<> <> <>
As 5.850 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Pra dentro do meu ser

Tiago Torres da Silva / Armandinho *fado alexandrino*
Repertório de Cristina Nóbrega 

Quem diz não ter saudade de tudo o que perdeu
Ou não fala verdade, ou fala e não viveu
Às vezes, por orgulho, também fingi esquecer
Que o fado é um mergulho pra dentro do meu ser

Mas quando a voz se agarra ao saudoso lamento
Das cordas da guitarra, já nada é fingimento
Então, o meu futuro dá as mãos ao passado
Trazendo o que procuro e tudo o mais é fado

O resto é o caminho que os meus pés vão pisando
Hei-de ir devagarinho, hei-de ir, mas são sei quando
Então a tua vida vem deitar-se a meu lado
E eu peço-lhe guarida, pois tudo o mais é fado