Rádio em manutenção neste bloge. Loading ...

5.915 LETRAS // 1.500.000 VISITAS // DEZEMBRO 2019

Ser pequenino

Mote de Linhares Barbosa / Glosa de José Pereira / Popular *fado menor*
Repertório de Narciso Reis

É tão bom ser pequenino
Ter pai, ter mãe, ter avós
Ter esperança no destino
E ter quem goste de nós

Nunca me sai da lembrança
Os meus tempos de menino
Quem me dera ser criança
É tão bom ser pequenino

Viver a vida feliz
Longe da velhice atroz
Ai que bom que é ser petiz
Ter pai, ter mãe, ter avós

Desconhecer desenganos
Neste mundo libertino
E apenas com alguns anos
Ter esperança no destino

Ter de novo aquela idade
Que passa a correr veloz
Ter saúde e mocidade
E ter quem goste de nós