- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

O milagre de Santo António

Vicente da Câmara / Popular
Repertório de Vicente da Câmara

Encontrei abandonada
Uma rosa que te dei;
Tão triste olhei-a desolada
Quase morta, desprezada
Que tive pena e parei

Foi bela sem ter igual / Hoje triste e pobrezinha
Não tive culpa afinal / Que de mim pensasses mal
E não quisesses ser minha

Mas Santo António que estava / Ali perto, em oração
Pediu-me se lhe emprestava / Essa flor que eu tanto amava
E levantara do chão

Entreguei-lhe o que pedia / E ele rezou novamente
Era noite, fez-se dia / E a rosa que envelhecia
Fez-se em botão de repente