<> Canal de rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça Fados

<> <> <>
As 5.850 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Não quero saber teu nome

José Fernandes Castro / Carlos da Maia
Repertório de Eduardo Alípio

Não quero saber teu nome
Porque te dei nome novo
Chamei-te, paixão enorme
E dei-te nome de povo

Teu presente, mil marés / Verdade que me consome
Tu não me digas quem és /
Não quero saber teu nome

Com a força das quimeras / Não sofro nem me comovo
Esqueci-me quem tu eras / Porque te dei nome novo

Com a voz do coração / Meu sentimento não dorme
P'ra te não chamar paixão /
Chamei-te paixão enorme

Sofri com as tuas dores / Em busca de sangue novo
Chorei os ventos menores / E dei-te nome de povo