Clique na imagem e oiça Fado !!!
* * * * *
As 5.380 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE *filósofo brasileiro* 1921/1997
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *
------------------------------------------------------------------------- -------------------------------------------------------------------------
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
* * * * *

Varandas

David Mourão Ferreira / Franklim Godinho
Repertório de Mercês da Cunha Rego

Nas varandas desta rua

Há uma que vive nua
Outra que não tem lençol;
A terceira é um catavento
Em Março noiva do vento
Em Julho amante do sol

As outras não têm hostória
Ou perderam a memória / Ou passam a vida à espera
Mas há ainda mais uma
Que é confidente de bruma / E prima da Primavera

Quase ninguém a conhece
Apenas quando anoitece / Toda ela ela se alumia
E no entanto essa luz
Ganha a forma de uma cruz / Através da gelosía

Entre as varandas, são tantas
Há pecadoras e santas / Umas ricas outras pobres
Mas não sei que há uma Raínha
Nem direi qual é a minha / A ver se tu a descobres