- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Talvez amanhã

Fernando Tavares Rodrigues / José Campos e Sousa
Repertório de António Pinto Basto 

Talvez amanhã eu saiba
Talvez amanhã eu diga
Talvez amanhã eu caiba
Nas palavras que te diga

Entretanto, que sei eu?
Eu, que não sei o que sou
Depois do que aconteceu
Apesar do que acabou

Mas vamos dormir agora
Que a manhã é uma promessa
Que o teu sorriso devora
Vamos despir-nos depressa;
Ainda temos uma hora
Antes que o sonho adormeça