- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.515 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Apenas o vento

Manuela de Freitas / Franklim Godinho *fado franklim*
Repertório de Aldina Duarte

Deu-me Deus tudo o que quis
Já nem sei de quanto fiz / Se foi Deus ou se fui eu
Deu-me alegrias e pranto
Mas esta voz com que canto / Foi o vento que me deu
Deu-me tudo, deu-me tanto
Mas esta voz com que canto
Foi o vento que me deu

Foi o rio e suas águas
Que me ensinou estas mágoas / A saudade foi o mar
Mas meu canto, meu sustento
Foi o vento, foi com o vento
Que eu aprendi a cantar / O vento passa por mim

Por isso é que eu canto assim
Mas meu Deus, faça o que eu faça / Quer seja brisa ou levante
Que eu saiba, sempre que cante / Ser voz do vento que passa
Hei-de ser brisa e levante
Hei-de ser, sempre que cante
Apenas vento que passa