- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.575 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Amor, o teu nome

José Luís Peixoto / José Marques *fado rigoroso*
Repertório de Joana Amendoeira

Quis um poema que te dissesse
Quis tempo novo para te dizer
Uma palavra que enlouquece
Que oferece vida e faz morrer

Amor, amor, teu nome antigo
Teu nome breve e tão eterno
Primavera agora, Verão amigo
Amor, amor, sol de Inverno

Procurei tantas madrugadas
Encontrei manhãs para respirar
Encontrei palavras caladas
Encontrei amor para te cantar