- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Aquela praia ignorada

Pedro Homem de Melo / Frederico de Brito *fado britinho*
Repertório de Carlos do Carmo


Aquela praia ignorada
Aquela praia-contraste
Entre a liberdade e a lei;
Aquela praia ignorada
Foste tu que ma mostraste
Ou fui eu que a inventei?

Lençol de seda ou de linho
Deitei-me nele ao comprido / Quando estiveste a meu lado
Lençol de seda ou de linho
Lençol de espuma rompido / Lençol de areia queimado

Moinhos que andais no vento
Leite que escorres da lua / Quero pedir-vos perdão
Todas as praias são brancas
Todas as praias são brancas / E só aquela é que não

Mas é tão grande o contraste
Entre a lei e a liberdade / Que ás vezes até nem sei
Se aquela praia ignorada
Foste tu que ma mostraste / Ou fui eu que a inventei