- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Elegia do ciúme

David Mourão-Ferreira / Nuno Rodrigues
Repertório de João Braga

A tua morte, que me importa
Se o meu desejo não morreu?
Sonho contigo, virgem morta
E assim consigo, mas que importa?
Possuir em sonho quem morreu

Sonho contigo em sobressalto / Não vás fugir-me, como outrora
E em cada encontro a que não falto
Ainda me turbo e sobressalto / Á tua mínima demora

Onde estiveste? onde? com quem? / Acordo, lívido, em furor
Súbito, sei: com mais ninguém
Ó meu amor! com mais ninguém / Repartirás o teu amor

E se adormeço novamente / Vou, tão feliz!, sem azedume
Agradecer-te, suavemente
A tua morte que consente / Tranquilidade ao meu ciúme