- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Bichinhos distrídos

Letra e musica de José Mário Branco
Repertório de Cristina Branco

A ele, inconformados
Vamos chamando destino
De olhos fechados ao fulgor diamantino
Da luz que vai escorrendo e que no silêncio morre
Bichinhos distraídos
Dele fazemos comércio
Rostos perdidos, braços feridos
Coisas que vamos fazendo enquanto o tempo corre

Alerta... alerta, grita o coração
O tempo aperta dentro da canção
Aperta tudo
Mas sobretudo o sonho mudo

Alerta está, lhe respondo eu
Ainda aqui está o que já aconteceu
E fico é tua espera como dantes
E o tempo aqui comigo á espera que tu cantes