As 5.180 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Lisboa da côr da ponte

Ferrer Trindade / César de Oliveira / Rogério Bracinha
Repertório de Beatriz da Conceição


Numa trova o Tejo perdoa
A sua ponte nova, diadema de Lisboa
Na ante verdade, luz que se acendeu
Da cor da flor que o Tejo lhe ofereceu

Um navio vai deixar o rio
Deixa-o ir, deixa-o lá partir
P’ra que o tejo a todo o mundo conte
Que Lisboa está da cor da ponte

Vai dar jeito para os namoricos
É novo parapeito p’ra pôr os manjericos
E vamos ter nos santos populares
Balões, festões, armados nos pilares

Um navio
Vai deixar o nosso lindo rio