- - - - - - - - - -

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira
° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que não constam do índice. Caso encontre alguma avise-me, por favor.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.270 LETRAS PUBLICADAS /*/ 2.078.500 VISITAS /*/ MARÇO 2021

ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO.

Pois mesmo desagradando // A "Troianos" maldizentes / Os "Gregos" vão apoiando // E vão ficando contentes

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se não encontra a fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

fadopoesia@gmail.com

- - - - - - - - - - - - - - - -

Pesquisa.

Circo familiar

Edmundo Ribeiro / José Duarte Seixal *fado seixal*
Repertório de Edmundo Ribeiro

Mas que grande companhia
De circo, eu vou formar
Faz-se grande acrobacia
Compõe-se de bicharia
O circo familiar

Para que a todos agrade / Far-se-á estreia boa 
De Sagui faz meu compadre / De Zebra a minha comadre
Minha irmã faz de Leoa

O meu sogro, é o Leão / A sogra, a Foca vaidosa
O meu tio faz de Cão / O Lobo é meu irmão
Minha mulher é Raposa

Meu avô por estar cansado / Faz o Camelo indolente
O meu primo é o Veado / Elefante o meu cunhado
Minha mãe é a Serpente

O meu pai é o Porco-espinho / Minha avó é a Hiena
O Tigre é o meu padrinho / Leopardo o meu sobrinho
Vai entrar tudo em cena

Eu sou gerente com fé / E em ultimo recurso
Vou fazer de Chimpanzé / Javali e Jacaré 
Burro Macaco e Urso