- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

A minha voz também chora

Mario Raínho / Filipe Pinto *fado meia noite*
Repertório de Alice Pires
                                                                  
Se hoje me virem chorar
Que ninguém me enxugue o pranto
Que o que trago no olhar
São fados tristes que canto

Se a minha voz, ao cantar / For embargada, for rouca
É porque estou a ficar / Nesta vida, quase louca

Se a minha voz dolorida / Emudecer na garganta
É porque há dores nesta vida / Que a minha voz já nem canta

Se hoje me virem chorar / Na solidão desta hora
Não me venham criticar / Que a minha voz também chora