- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.535 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Quando eu morrer

Manuel Augusto Costa / Acácio Gomes *fado acácio*
Repertório de Eduardo Pinto

Quando eu morrer por favor
Não levem nem uma flor
P’ra junto do meu caixão
Levem viola e guitarra
Relembrem noites de farra
Cantem fado em oração

E sem receios os medos
Não temam que outros credos / Revelem indignação
Quando uma guitarra trina
A providência divina / Respeita a nossa paixão

Cumprida esta vontade
Não ajuízem vaidade / Ao rogar-vos tal pedido
Quero ter na vida eterna
Saudades duma taverna / Do menor e do corrido