<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
As 5.760 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Colo de mãe

Letra e musica de Jorge Fernando
Repertório do autor

Vou descansar meu cansaço nos teus braços
Só em ti encontro a paz de não pensar
É no teu colo de mãe que aperto os laços
Que se afrouxam num teimoso desatar

Tua voz é como um vento que segreda
Quando em meus cabelos passas tua mão
Só assim não troco a alma pela pedra
Em que a vida transformou meu coração

Porque não paraste tu a minha idade
Porque não paraste o tempo que a sustém
Dava tudo pela minha ingenuidade
Pela inocência da criança a olhar a mãe