- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Quando Lisboa partir

Manuela de Freitas / Carlos da Maia
Repertório de Pedro Moutinho

Teu nome está tão ausente
De quem de ti se aproxima
Que por mais rimas que eu tente
Teu nome já não tem rima

Mas há em ti um segredo / Lisboa, tenho a certeza
Que te faz perder o medo / Guardando toda a tristeza

Um dia, de chorares tanto / O Tejo vai transbordar
Escondida no seu manto / Foges com ela p’ro mar

E sempre que a noite caia / Vais ter de me ouvir cantar
Eu posso morrer na praia / Mas obrigo-te a voltar