- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.515 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Quando cai uma mulher

Guilherme Pereira da Rosa / Eugénio Pepe Costa
Repertório de Tony de Matos

Sabido que a desventura / Bate á porta de qualquer
Não anda bem quem murmura / Quando cai uma mulher

Eu tenho pena daquela / Que é por amor, desgraçada
Deu tudo, não teve nada / E ainda dizem mal dela

Caíu...
Por amar quem lhe não quis
E era tarde quando viu
Que era p'ra sempre infeliz
Depois...
Foi o que já se adivinha
Sonhava uma vida a dois
Tem muitos e anda sózinha

Não é razão p'ra censura / Caír por uma paixão
Quando sofre um coração / Não anda bem quem murmura

De quem pena por amor / Não fica bem falar mal
Porque o amor, afinal / Quanta vez acaba em dôr