As 5.180 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Corpo iluminado

David Mourão Fereira / Custódio Castelo
Repertório de Cristina Branco

De que túnel, de que árvore
De que tero de remorso
De que rasura do vento;
De que núpcias de que mármore
De que frestas, de que pórtico
Saíste neste momento

Para que praia, que porto
Que fugitiva garupa / Que torre desconhecida
Que mãos, que braço, que rosto
Que tempestade difusa / Te encontras já de partida

Não és de nenhum sossego
Vives no guma do ser / Nas fronteiras do devir
E assim me tornas eu mesma
Entre nascer e morrer / Entre chegar e partir