- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Mulher de qualquer povo da terra

Eugénio Pepe / Francisco Nicholson
Repertório de Maria Armanda 

Dizem minha voz do povo
Têm razão, podem crer
Se do povo é que eu nasci

Que voz havia de ter

Chamam-me mulher do povo

Que distinção, Santo Deus
Mesmo a quem nasce do povo

Fica bem sair aos seus

Mulher do povo é namorada, é mulher
É mãe como outra qualquer, é igual a sua dor
Mulher tranquila, luta p'ra ver respeitados
Filhos que foram gerados no seu ventre, com amor


Mulher do povo, de qualquer povo da terra
Vai dando filhos à guerra, sonhando viver em paz
Mulher do povo, mulher que sabe sofrer
E sente orgulho em saber ser ela que o povo faz